Como escolher um álcool gel antisséptico?

Depois daquela busca desenfreada por álcool gel antisséptico no início da pandemia, o desabastecimento do mercado passou e os consumidores começam a ter mais opções para escolher, o que pode causar dúvidas, uma vez que não é um cosmético que fazia parte da lista mensal de compras de muitos.

E você, sabe qual álcool gel escolher? E quando escolher a forma em gel ou líquida?

Todos os produtos que contenham entre 60 a 80% de álcool (60 a 80 °INPM, como é descrito no Brasil) tem a promessa de matar os microrganismos. Mas porque então tantas opções?

Quando se trata da higienização das mãos, o álcool gel é o mais recomendado, pois devido a sua textura é mais fácil de espalhar em toda a superfície das mãos e age por mais tempo, ou seja, tem uma maior ação residual na prevenção. Já o álcool líquido escorre e evapora mais rapidamente, dificultando sua ação. 

O álcool líquido fica reservado para limpeza das superfícies conforme orientação da Anvisa, ou seja, bancadas, móveis, mesas, maçanetas etc. Neste caso, o álcool é chamado de saneante, podendo ser utilizada a forma em gel também.

Quanto a concentração, o mais indicado é o álcool gel 70, pois é o mais eficaz na prevenção contra os microrganismos (vírus e bactérias). Outras concentrações podem não ser efetivas ou causar irritações na pele.  

Ao utilizar um produto na higienização das mãos, o consumidor deve atentar para a utilização de álcool gel 70 classificado como cosmético. O cosmético vai ter a finalidade de aplicação e higienização da pele e não de superfícies. Além disso, você já deve ter percebido que existem diversos tipos de álcool gel antisséptico, alguns deixam a mão com resíduo do álcool e muitos ressecam a pele. A importância da escolha do álcool gel antisséptico cosmético vai além da antissepsia, um bom produto cosmético deve conter ingredientes que também hidratem a mão após a higienização. A hidratação da pele evita sua descamação e possível aparecimento de rachaduras, o que acaba sendo uma porta de entrada mais perigosa para a contaminação com os microrganismos.

Então, na hora da compra, verifique na composição se contém mais de três ingredientes que são básicos: água, álcool e o formador de gel. Cosméticos que agreguem substâncias como a Aloe vera, óleos de plantas, glicerina, propilenoglicol entre outros tem o poder de hidratação da pele, ou seja, além da proteção antisséptica, você vai ter um carinho com a sua pele que acaba se transformando em mais proteção! Lembre-se, em momentos como este que estamos vivendo, a escolha certa é fundamental e um bom álcool gel cosmético pode ser um grande aliado na sua prevenção e daqueles que amamos!        

Posts Recomendados

Sem comentários ainda, deixe a sua mensagem!


Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *